Artigo

Sua empresa está preparada para a inteligência artificial?

A eficácia da AI depende de suas necessidades, de como você a implementa e de sua paciência.

Controlar os dados é um dos maiores desafios da atualidade. Nossa capacidade de usar o raciocínio ou a intuição para dar sentido a algo e criar padrões dentro de grandes dados já não é suficiente. “A inundação de informações está se tornando um problema universal”, diz Eng Lim Goh, vice-presidente e diretor técnico da SGI da Hewlett Packard Enterprise (HPE). Mas, de acordo com ele, com a inteligência artificial, isso pode ser usado de maneira inteligente. Neste artigo publicado no Hewlett Packard Labs, o articulista Curt Hopkins, especializado em tecnologia, segurança e negócios, fala sobre IA, infraestrutura e processos.

A consultoria IDC prevê que o gasto global com soluções cognitivas e inteligência artificial aumentará 54,4% a cada ano, superando US$ 46 bilhões até 2020. A IA atraiu esse nível de interesse porque consegue descobrir padrões em dados importantes. O programa Libratus, por exemplo, que é executado em um supercomputador chamado Bridges, localizado no Centro de Supercomputação de Pittsburgh, EUA, derrotou quatro jogadores de pôquer profissionais.

A tecnologia promete economizar tempo e dinheiro em aplicações como atendimento ao cliente, em que um robô é capaz de responder em um segundo, sendo mais barato que uma pessoa que pode demorar vários minutos. Mas é preciso de tempo, dinheiro e habilidades para usá-la de forma assertiva.

Diante disso, especialistas sugerem três passos para as companhias interessadas em aplicar IA em seus negócios:

Pergunte: Onde você pode aplicar técnicas IA para obter melhorias reais? Compreenda os usos disponíveis e observe os lugares em que você pode executar técnicas de IA para obter benefícios reais como, por exemplo, economizar horas de funcionários, diminuir o tempo de resposta de atendimentos e diminuir despesas no reparo e substituição de material.

Experimente: Você não pode aplicar IA em larga escala sem antes experimentar. É preciso pensar em qual é a infraestrutura de dados correta e que tipo de capital humano você precisa. É preciso responder algumas questões: Você tem o volume necessário de dados? Tem as pessoas certas? Sabe como configurar a infraestrutura básica? É preciso tempo para adotar IA.

Amplie: Depois de alcançar o sucesso inicial, você precisará ampliar. Essa expansão inclui observar aspectos como infraestrutura, dados, capital humano e processos de negócios.

Geralmente, os programas de IA precisam de uma grande quantidade de dados para aprender a fazer uma única tarefa, como dirigir em uma estrada ou jogar xadrez. Com essa necessidade, bem como as demandas de energia e memória, a tecnologia exige um sistema extremamente eficiente e poderoso para funcionar.

No fim das contas, você não deve esperar até que a IA esteja 100% implantada, deve considerar as deficiências e avançar. Como qualquer outra tecnologia, trata-se de uma ferramenta que pode ajudar ou dificultar um negócio. A eficácia depende de suas necessidades, de como você a implementa, dos processos e de sua paciência.

Ver mais posts

Artigos relacionados

Close